Mundão Pet

Tudo sobre Pet
Bichos de estimação: o que você precisa saber antes de adotar

Com a quarentena, muitas pessoas sentiram a necessidade de procurar um bichinho de estimação. Mas, ter bichos de estimação não é para qualquer um, tem que ter muito cuidado e responsabilidade.

Dito isso, para dar uma ajudinha a você que está à procura de um pet, escolhemos três dos animais mais procurados e fáceis, tanto de cuidar quanto de encontrar. Veja tudo que você precisa saber para ter algum desses bichos de estimação na sua casa.

3 bichos de estimação fáceis de criar

Confira logo abaixo a lista contendo a seleção de 3 bichos de estimação super fáceis de adotar e criar dentro do seu lar.

Cachorros

Para criar um cachorro, é preciso ter muitos cuidados, é importante ter espaço no ambiente, tempo e disposição, ainda mais se ele for um filhote.

Cuidados: usar um relógio dentro de uma coberta para ele ouvir o som e lembrar dos batimentos do coração da mãe, usar uma garrafa de água morna para ele sentir o calor e pensar que é a mãe dele.

Levar ele pra passear, brincar, amar, educar, ensinar onde fazer as suas necessidades fisiológicas, mostrar onde pode e não pode brincar ou fazer alguma outra coisa.

Alimentação: depois de 1 mês, você já pode começar a dar ração para os filhotes sem leite ou água na ração. Nunca dê resto de comidas para eles, pois a ração já tem os nutrientes para uma boa alimentação dos cachorros, comida humana também pode prejudicar os pelos dos cachorros, deixando fracos e caídos.

Gatos

Para criar um gato também é necessário ter muitos cuidados, assim como com os cachorros. Para um gato, é importante ter espaço para se desenvolverem da melhor forma, tempo e disposição.

Cuidados: um gato filhote, principalmente aqueles com uns 45 dias de nascidos, são bem frágeis com tudo, precisam de uma cama bem quentinha, uma coberta macia que lembre a ele os pelos e o calor da mãe, você pode usar uma garrafa morna também para aquecê-los a noite ou quando eles estiverem dormindo.

Alimentação: os gatos de 45 dias ainda bebem leite, você pode alimentá-los usando uma mamadeira para ajudar na alimentação e ficar mais fácil, pois lembra muito os peitos da mãe, mas também pode por ração para irem se adaptando e comendo aos poucos.

É bom colocar um pouco de leite pra a ração ficar mais mole. Quando estiverem maiores, eles já podem comer apenas ração, pois isso ajudará no crescimento e na fortificação dos seus pelos e ossos.

Porquinho-da-Índia

Para criar um porquinho da índia, é necessária uma gaiola adequada para eles, ter tempo pra brincar um pouco, amor e dedicação, não precisa ter muito espaço, porque pra isso você irá usar a gaiola.

Cuidados: precisar por brinquedos para eles se distraírem quando você não estiver em casa. Não necessita ficar dando banho toda semana, pois eles se limpam sozinho e, também, devido a pelagem ser fina e pequena, a sujeira não fica por muito tempo grudada nela.

Alimentação: eles comem um tipo específico de ração, mas podem comer algumas comidas humanas, tipo, folhas de couve e frutas, os nutrientes da fruta ajudam com o crescimento, os porquinho-da-índia também comem feno de capim.

Conclusão — bichos de estimação fáceis de lidar

Todos esses bichos de estimação precisam de cuidados regulares. Necessitam de amor, tempo disponível e muita dedicação no momento da sua criação.

Portanto, se você é uma pessoa que gosta muito de sair (ou tem essa necessidade), estar sempre viajando ou então fica o tempo todo presa no ambiente de trabalho, pense duas vezes antes de adotar qualquer um desses bichos de estimação aqui apresentados.

Principalmente quando estamos falamos de cachorros, que são super ativos, adoram se exercitar, passear na rua e se divertir como se não houvesse amanhã.

Além de tudo isso, é importante sempre os levar ao veterinário, isso de certa forma tem um custo, e realizar tratamentos em animais não é nada barato.

Aconselhamos também escolher bichos de estimação que sejam doados. Afinal, eles são os que mais necessitam de uma lar urgente, sem falar que muitas das vezes animais que são vendidos passam por maus tratos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.