Mundão Pet

Tudo sobre Pet
Como cuidar de um gato filhote? Descubra já

Adotar um filhote de gato é uma experiência maravilhosa, porém é importante lembrar que eles são super sensíveis e precisam de alguns cuidados especiais que vão desde alimentação até a adaptação a nova casa.

Os gatos são animais muito limpos, por isso recomendamos que tenha um cuidado extra e prepare a casa para a sua chegada.

  • Separe o bebedouro, comedouro e caixa de areia. Se você tem outros gatos em casa, é importante que separe o bebedouro, comedouro e a caixa para o novo integrante;
  • Mantenha a higiene correta. A limpeza da caixa e a troca de água deve ser um hábito diário;
  • Providencie um arranhador. Assim você evita que seu gato arranhe os seus móveis.

Prepare uma caminha e um ninho de esconderijo. Além disso, é importante deixar a caminha em um lugar tranquilo da casa para que ele possa descansar sem ser incomodado. O ninho é para que ele possa se esconder quando estiver com medo ou não quer ser incomodado.

Assim que seu gato chegar, leve-o ao centro veterinário, como ele ainda é bem jovem, necessitará de leite materno, e como a mãe não estará por perto, o veterinário pode conseguir leite artificial, que é recomendado para filhotinhos de até 1 mês.

A partir do segundo mês, o gatinho já pode iniciar a fase de alimentação com alimentos sólidos, sempre de forma progressiva, você pode oferecer diariamente pequenas porções de comida ou pastinhas específicas para os filhotes, mais pra frente você já pode começar a dar alimentos secos a ele, ou comida caseira.

É ideal que um gatinho seja adotado a partir dos 3 meses, que é o tempo em que ele já esta totalmente desmamado, imunizado e já aprendeu algumas coisas com o convício da mãe, como hábitos de higiene, fazer xixi na caixinha e a linguagem dos gatos.

Existem vários tipos de alimentos que podem ser dados aos gatinhos, e quem os escolhe é o tutor. Enquanto a ração oferece todos os nutrientes necessário para o gato, nem sempre é fácil encontrar uma de qualidade para os gatinhos, a dieta caseira é mais barata e feita de produtos naturais, mas as vezes pode faltar algum nutriente, então é bom sempre ter o acompanhamento de um veterinário para evitar deficiências nutricionais.

A socialização é muito importante para um gato, pois evita comportamentos de medo ou agressivos, e também para adquirir outros hábitos típicos da espécie.

Algumas das rotinas básicas que devem ser seguidas regularmente é a de escovar o seu bichinho, pois reforça o seu vínculo com ele e ajuda a manter o seu pelo limpo, isso também é indicado para detectar problemas de saúde ou parasitas.

Você precisa oferecer ao seu felino estímulos mentais, proporcionando enriquecimento ambiental é importante para prevenir problemas de comportamento, que ajuda a estimular sua inteligência e evitar estresse, ansiedade e depressão.

Brinquedos de inteligência e jogos de pegar a comida são exemplos de ótimos estímulos para o seu bichinho.

Além das atividades que ajudam a estimular a mente, incentivar atividade física é muito importante para manter a sua musculatura desenvolvida, prevenindo o sobrepeso e obesidade.

Desparasitar o gatinho é fundamental para a sua saúde, ainda mais se ele tem acesso a um ambiente externo e convive com outros animais, essa rotina ajuda a prevenir o aparecimento de parasitas internos e externos.

Dentre todas as coisas que um gato precisa, a imprescindível é amor, se não tiver amor ele nunca será completamente feliz sem uma família que o ame e cuide bem dele, o gato é um animal super carinhoso e que pode se tornar seu melhor amigo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.