Mundão Pet

Tudo sobre Pet
Coisas que você precisa saber antes de ter uma calopsita

Calopsiotas são lindas, exóticas, mansas, você precisa interagir e dão pouco trabalho e poucas despesas. Porém você precisa saber de coisas importantes antes de ter uma calopsita e se preparar antes dela chegar.

Se você acabou de comprar uma calopsita, você não pode esperar que ela interaja com você logo de cara, como todo animal, ela precisa da fase de adaptação

Este animal necessita de espaço, então se você for cria-lo preso, aconselhamos que seja em uma gaiola grande e espaçosa.

Mesmo em casos onde você vai cria-la solta, é importante ter uma gaiola para que seja o lugar de referência da sua ave, lá será onde ela vai dormir, comer e sentir segura.

É necessário saber respeitar os horários em que elas estiverem mais ativas, respeitando seu horário de descanso.

Alimentação

Essa ave precisa de nutrientes específicos, existem rações próprias para calopsitas, elas gostam também de sementes, frutas e legumes.

É normal que ao chegar em um novo ambiente, o animal não se sinta a vontade e não coma nos primeiros 2 dias, mas você tem que ficar atento e ver com quem te vendeu para saber o que ela estava comendo e procurar as medidas para que ela coma. A comida tem que estar em locais acessíveis e 24 horas disponíveis.

Curiosidades

Elas são muito sociáveis e você precisa sempre interagir com sua ave, pois se você não mantiver essa relação com ela, ela pode ficar arisca, que é um estado de defesa.

Elas acordam muito cedo e começam a vocalizar, então, se você mora em apartamento que não pode ter barulho, não é uma boa opção.

Você precisa ficar atento em relação com a higiene da sua calopsita, pois ela faz muito cocô, então se você for cria-la solta, vai precisar estar limpando a casa o tempo todo, podem até ser adestradas, mas leva muito tempo e é bem trabalhoso.

Gostam de destruir as coisas, então se você quer deixar sua calopsita mais solta, não poderá deixar objetos ao alcance da sua ave.
Elas vivem em média de 15 a 20 anos. É importante ter alguma companhia pois ela pode ficar deprimida e chegar até a morrer.

Eles se comunicam por vários sinais, quando a crista dele está pra cima, pode ser que ele esteja atento ou irritado, quando estão “gordinhos”, quer dizer que ele está bem relaxado.

Precisam se exercitar, para que as asas não definhem e eles não deixem de conseguir voar.

São animais monogâmicos, e escolhem um parceiro para a vida toda, e caso não tenha outra calopsita, elas normalmente escolhem o dono.

Elas se reproduzem muito rápido, caso você tenha um viveiro com um casal e um ninho, elas costumam ter bastante ovos.

Podem sofrer de terror noturno, que é quando ela está dormindo e do nada começar a arrancar as penas ou sair gritando, isso pode ocorrer enquanto ela está dormindo ou acordada, por medo de ficar sozinha, se estiver com outros pássaros, pode ser que seja atacado.

Calopsitas não tem raças, mas tem mutações, que são diferenças na coloração. Tem calopsitas com cara branca, albinas, lutino e lutino pérola.

Veterinário

Todo animal precisa ser acompanhado por um profissional, com as calopsitas não é diferente, elas precisam ter as asas aparadas, o que deve ser feito pelo profissional adequado. Precisam ser vermifugados frequentemente

Aconselhamos que você crie a sua calopsita solta, para que ela tenha mais liberdade. Elas são carinhosas e companheiras e se dão bem com crianças, porém é importante supervisionar a interação, tanto para prevenir que a criança machuque sua ave, quanto para que, caso a calopsita não esteja confortável, não atacar a criança.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.